Pablo Marçal defende a valorização do salário mínimo

O candidato do Pros à presidência da República, Pablo Marçal, voltou a defender hoje (31) a valorização do salário mínimo. Segundo o candidato, o valor da remuneração no país está defasado em relação a outros países da América do Sul.

“Nós somos a maior potência da América Latina. Não faz sentido termos um salário mínimo tão defasado. Vamos ter o maior salário mínimo da América do Sul. Chega de miséria! Chega de fome nesse país”, escreveu em suas redes sociais.

Marçal, em sua proposta de governo, defende ainda a instituição de novos pisos salariais para as categorias. “Instituiremos piso salarial para as diversas profissões que ainda não possuem regulamentação nesse sentido, a exemplo dos publicitários e dos gestores ambientais, valorizando a atuação profissional de cada classe”.

Nesta quarta-feira, o candidato fez duas lives em suas redes sociais, concedeu entrevista ao veículo  BM&C News e ao Correio do Poder. Ele também gravou material para a campanha eleitoral.

Clique aqui e confira a agenda dos candidatos à Presidência da República para esta quarta-feira (31).

Agência Brasil

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro de conteúdos exclusivos que são postados somente nelas: