BOMBEIRO MILITAR É PRESO PELA POLÍCIA CIVIL POR FEMINICÍDIO EM SÃO LUÍS

Um mandado de prisão temporária foi cumprido pela Polícia Civil do Maranhão, na manhã desta sexta-feira (15) , contra um homem investigado de cometer os crimes de feminicídio e ocultação de cadáver contra a sua companheira identificada como Viviane Batista Marques(31).

Segundo as investigações do 2° Distrito Policial da cidade de Rosário, na última quarta-feira(13), o preso teria assassinado a vítima a facadas no interior de um imóvel localizado no bairro do Cohatrac IV, em São Luís e, em seguida  , ocultou o corpo da vítima em seu veículo e se deslocou até o município de São Benedito do Rio Preto, onde o dispensou às margens de uma rodovia.

A Polícia Civil tomou conhecimento do desaparecimento da vítima e após as diligências iniciais foi arrecadado material probatório suficiente de que se tratava de feminicídio com ocultação de cadáver e não de um caso de desaparecimento, o corpo e realizasse os procedimentos de praxe.

Ao ser preso, o autor, que é um subtenente do Corpo de Bombeiros Militar , confessou a prática do crime, dando a localização do corpo da vítima que foi encontrado na tarde desta sexta-feira (15), sendo removido ao Instituto Médico Legal (IML) para ser submetido aos exames cabíveis.

O aparelho celular do autor e o veículo utilizado no crime também foram apreendidos durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão ,que devem ser periciados no intuito de buscar novos elementos para elucidação completa do caso.Por se tratar de bombeiro militar, o mesmo foi entregue ao comando gera da instituição para cumprimento da prisão temporária no Comando Geral dos Bombeiros do Maranhão,em São Luís.

A prisão e os cumprimentos aos mandados de busca e apreensão foram executados por investigadores da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP) e Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), em São Luís.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro de conteúdos exclusivos que são postados somente nelas: